2019 | Confraternidad Desportiva Internacional Nikkey

SOBRE

    Há 51 anos, atletas argentinos, brasileiros e peruanos iniciaram grandes laços de amizade entre as nações, tentando sedimentar a cultura milenar e confraternizar-se através dos esportes. Dessa ação surge a Confraternização Desportiva Internacional Nikkei.

    O primeiro elo esportivo ocorreu em 1966, através da peruana Bertha Hoshi junto à Associação Universitária de Nisseis do Peru (AUNP) que levou o desejo da Associação Cultural e Esportiva Piratininga (ACEP), São Paulo – Brasil, de organizar uma caravana Cultural ao Peru. 

    Em fevereiro de 1967, a delegação brasileira encabeçada por Nilo Nakao viaja à cidade de Cusco onde ocorre o encontro com os Universitários peruanos. Esse encontro motivou a ideia de um encontro de Nikkeis entre as diferentes coletividades japonesas dos países da América Latina. Em julho de 1967, em São Paulo, a Associação Cultural e Esportiva Piratininga organiza o primeiro encontro para os estudos sociais dos nisseis, para o qual convidou grupos nikkeis da Argentina e do Peru. 

    Em fevereiro de 1967, a delegação brasileira encabeçada por Nilo Nakao viaja à cidade de Cusco onde ocorre o encontro com os Universitários peruanos. Esse encontro motivou a ideia de um encontro de Nikkeis entre as diferentes coletividades japonesas dos países da América Latina. Em julho de 1967, em São Paulo, a Associação Cultural e Esportiva Piratininga organiza o primeiro encontro para os estudos sociais dos nisseis, para o qual convidou grupos nikkeis da Argentina e do Peru. 

   Em 1970, Argentina realiza a competição atlética na cidade de Buenos Aires, com a participação de brasileiros e peruanos. Até então, o atletismo era a única modalidade esportiva e a partir da quinta edição, realizada em Lima, no ano de 1973, incluíram-se outras modalidades de esportes como beisebol, futebol, vôlei, tênis de mesa, tênis de campo, judô, golfe, natação, xadrez e boliche.

    A Confraternização foi ganhando espaço e motivou outros países a integrarem as suas representações tais como Chile, Paraguai, Bolívia, México, Uruguai, Canadá e Estados Unidos. Em 2008, o Brasil realizou em comemoração ao Centenário da Imigração Japonesa a XVIII Confraternização Desportiva  Internacional Nikkei, em São Paulo, integrando, oficialmente, as atividades em Comemoração ao Centenário da Imigração Japonesa no Brasil.

    Nesse evento participaram aproximadamente, 260 atletas estrangeiros e mais de 250 atletas brasileiros, além da Comissão Técnica de cada modalidade. Participaram 6 países: Argentina, Bolívia, México, Peru, Paraguai e Brasil em 10 modalidades esportivas: atletismo, beisebol, boliche, futsal, golf, judô, natação, tênis de mesa, tênis de campo e vôlei.

    Em 2011 a XIX Confraternização Desportiva  Internacional Nikkei no Paraguai em Comemoração do 75º da Imigração Japonesa no Paraguai, reuniu: Argentina,  Bolivia  , Brasil , Chile , México ,  Perú, Uruguai e Paraguai. nas seguintes  modalidades  desportivas:  atletismo , natação, judô, futsal, vôlei, tênis de campo, tênis de mesa e  golf. 

 Em 2013, a XX Confraternização Desportiva  Internacional Nikkei, edição especial em comemoração aos 60 anos da Associaciôn Estadio La Uniôn, realizada no Peru contemplou as modalidades:  atletismo, futsal, judô, natação, tênis de mesa, tênis de campo, golf,  vôlei. beisebol e boliche. 

    Em 2014 foi a vez da Bolívia organizar o evento com a participação das delegações da Bolívia, Argentina, Chile, Peru, Equador, México, Paraguai, Uruguai e Guatemala. 

  Em 2016 o México recebeu em seu Complexo Olímpico as delegações da Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Equador, Estados Unidos, México, Paraguai, Peru e Republica Dominicana. 

    Na XXIII Confraternização foi a vez do Chile recepcionar e promover as competições com a presença dos países Argentina, Bolivia, Brasil, Chile, Equador, Estados Unidos, México, Paraguai, Peru e Uruguai.

    Agora em 2020 o Confra volta para o Brasil e todos estamos ansiosos para nos encontrarmos novamente e nos confraternizarmos gerando experiencias que guardaremos para sempre em nossas memórias.

Dados Estatísticos